Prefeitura de Timóteo promove encontro sobre acessibilidade e autismo

Educação inclusiva será debatida nos dias 8 e 9 de novembro no Teatro da Fundação Aperam Acesita

O município de Timóteo promove o  XI Seminário de Educação Inclusiva com o tema “A Educação Inclusiva na Sociedade Contemporânea” nos dias 8 e 9 de novembro, no Teatro da Fundação Aperam Acesita. O evento é uma realização da Prefeitura de Timóteo, por meio do Centro de Referência em Educação Inclusiva Ativa Pe. Jean Marie-Lemaire (CREIA) vinculado à Secretaria de Educação, e da Aperam, em parceria com o Rotary e Secretaria de Governança Educacional de Coronel Fabriciano.

Cerca de 300 profissionais da área de educação, psicólogos, pessoas com deficiência e familiares entre outros participarão de seis palestras técnicas. A cerimônia de abertura será realizada às 18h, com a presença de autoridades. Em seguida, a aluna do CREIA Ariana Arthuso, apresentará um relato de sua vivência na educação inclusiva. Logo após, haverá o show “Encantos” com apresentação de canções, dramatizações e danças pelos alunos do CREIA.

No sábado, 9, ocorrerão as palestras técnicas, a partir das 8h. O primeiro tema será Acessibilidade para a Diversidade Surda, com a palestrante Maria Emília Santana, pedagoga e instrutora de libras, que abordará as dificuldades de comunicação da pessoa surda e a sociedade. O palestrante Sávio Tarso, formado em Comunicação Social e com mestrado em História, discorrerá sobre “A Escola do Saber e da Inclusão”, tratando dos elementos para pensar uma educação plural e universalizante. A terceira palestra terá como tema “A Inclusão Escolar e o Processo de Aprendizagem”, com palestra com a doutora em Educação, Marlene Maria da Silva, que discorrerá sobre a vivência com as diferenças, objetivando o processo de formação humana.

Na parte da tarde, às 13h, as palestras terão sequência iniciando pela “Escola Bilíngue para Surdos”, com palestra de Maria Emília Santana, sobre a perspectiva da educação bilíngue através da adaptação curricular. O “Autismo: um olhar que conecta” será tema da palestra da psicopedagoga e especialista em Gestão Educacional Daniela torres Soares, que proporá a discussão de estratégias para o desenvolvimento integral através do sentir. Encerrando a programação, será abordado o tema “Práticas Educativas para uma Vida Independente das Pessoas Deficientes Visuais”, com a pedagoga e pós-graduanda em Educação Especial e Comunicação Alternativa Luciana Bossi, que abordará a questão da autonomia.

Inscrição em caso de desistência

As vagas para as palestras já foram preenchidas, porém como a procura foi elevada, os organizadores informam que, no caso de haver desistências, haverá a possibilidade de inscrição no local do evento, tanto pela manhã, 8h, quanto à tarde, 13h. A inscrição será realizada exclusivamente para ocupar a vaga da pessoa inscrita que não comparecer no horário previsto.