Usiminas dá novo passo na reestruturação de sua dívida

A Usiminas concluiu nessa quinta-feira (11/7) o processo de precificação de títulos representativos de sua dívida (notes) a serem emitidos no exterior no valor de US$ 750 milhões. Os títulos terão juros de 5,875% ao ano, a um preço de emissão de 98,594% do montante principal, com rendimento aos investidores de 6,125% ao ano. A liquidação da oferta está prevista para ocorrer no próximo dia 18 de julho.

Conforme o presidente da Usiminas, Sergio Leite, a operação é mais um avanço importante para a empresa, que está adequando seu perfil de endividamento às perspectivas de curto, médio e longo prazo, preservando as capacidades financeira e operacional da Usiminas. “Estamos readequando nosso endividamento, optando por um formato mais vantajoso, garantindo, principalmente, o alongamento do perfil da nossa dívida e elevando a flexibilidade financeira da companhia. Esse é mais um passo na busca pela perenidade da Usiminas”, afirma Leite.

A dívida bruta consolidada da Usiminas em 31/03/19 era de R$ 5,5 bilhões. Com os recursos da emissão, a companhia tem como objetivo realizar o pré-pagamento integral de seus débitos junto ao BNDES e aos credores japoneses, além do pré-pagamento parcial de sua dívida junto aos debenturistas.

Fonte: Relações com a Mídia Usiminas – LVBA Comunicação