Levantamento consolidado aponta redução de focos de dengue em 2019, em Timóteo

A população de Timóteo deve continuar mobilizada, haja vista, que o índice médio de infestação do último LIRAa continua alto (Foto: divulgação/ PMT)

O clima responsável pelas frequentes chuvas registradas nos últimos dias em Timóteo exige cuidados redobrados da população para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti – transmissor  da dengue, zika e chikungunya. 

Neste período, a população deve redobrar a atenção nos locais propícios para a criação do mosquito se multiplicar e eliminar os focos. Em Timóteo, o primeiro Levantamento Rápido de Índice de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa) de 2020 será realizado na próxima semana, entre os dias 21 e 23. 

O Município se mantém com índices positivos em relação aos casos das doenças provocadas pelo mosquito, embora o último LIRAa tenha apontado um índice médio de infestação alto. Em 2019, por exemplo, o número de notificações de dengue caiu em relação ao ano anterior.

Ano passado, o número de casos de dengue foi de 286 contra 620 notificações registradas em 2018. Foram 99 casos de chikungunya contra 200; e 11 de zika contra 18. Embora, o número de casos notificados tenha caído, a orientação da Vigilância Epidemiológica de Timóteo é para que os moradores continuem mobilizados, haja vista que o último  LIRAa de 2019, realizado em outubro apontou um percentual de incidência de infestação de 4,3%.

Para o prefeito Douglas Willkys, a população precisa continuar atenta e alerta em relação aos focos do mosquito. Ele lembrou que 10 minutos por semana são suficientes para fazer uma varredura no interior das residências e evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti. 

Em Timóteo, 90% dos focos identificados estão no interior das casas. Os criadouros predominantes, segundo os levantamentos são vasos de plantas, recipientes de degelo, materiais de construções, calhas, sanitários em desuso, piscinas não tratadas, caixas de inspeção e ralos. “É muito importante a população continuar mobilizada para evitar novos casos. A Prefeitura de Timóteo tem feito o seu papel por meio dos mutirões e visitas domiciliares pelos Agentes de Combate a Endemias, por isso o engajamento dos moradores é fundamental para erradicar o mosquito da dengue”, pontuou o prefeito Douglas Willkys.