Dia D contra o sarampo acontece neste sábado em Timóteo

A vacinação de jovens com idade entre 20 e 29 anos acontece em 10 unidades de saúde, além do Centro de Saúde João Otávio e na sede da CDL (Foto: divulgação)

Está programada para este sábado (30) a segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o sarampo, quando acontece o Dia D, cujo foco são jovens adultos com idade entre 20 e 29 anos. A Secretaria de Saúde e Qualidade de Vida de Timóteo deu início à campanha de vacinação contra o Sarampo (primeira etapa) em outubro deste ano para crianças de seis meses a menores de cinco anos. Na segunda etapa, a campanha foi feita no período de 18 a 30 de novembro, culminando com o Dia D neste sábado.

As unidades de saúde com sala de vacinação, além do Centro de Saúde João Otávio, no bairro Bromélias, aplicarão a dose da vacina gratuitamente entre 8h e 17h. Também haverá um ponto de vacinação na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), no Centro Norte, que funcionará entre 8h e 13h.

Além dos locais mencionados acima, os jovens deverão comparecer em qualquer uma das unidades de saúde nos seguintes bairros: Sede, Primavera, João XXIII, Alegre, Macuco, Limoeiro, Timotinho, Ana Moura, Novo Tempo e no distrito de Cachoeira do Vale.  

Em Timóteo, cerca de 60 profissionais da área da saúde estarão mobilizados neste Dia D para aplicar a dose da vacina. É importante que todos compareçam com o cartão de vacina em mãos. É necessário que cada pessoa receba ao longo da vida duas doses da vacina. Quem não tem o cartão precisa comparecer as unidades de vacinação para atualizá-lo. A faixa etária alvo desta fase da campanha é a que mais possui casos confirmados da doença.

A Doença

O sarampo é uma doença altamente contagiosa que pode evoluir para complicações e levar à morte. O sarampo pode ser evitado com a vacina tríplice viral, que protege também contra a rubéola e a caxumba. Ela é aplicada aos 12 meses, com reforço aos 15 meses com a tetraviral (sarampo, rubéola, caxumba e varicela). Até os 29 anos, a recomendação é tomar duas doses do imunizante. Entre 30 e 59 anos, a pessoa deve ser vacinada uma vez. Para quem não sabe se já tomou o número adequado de doses, a orientação é se imunizar.

Vacinar contra o sarampo é importante para evitar complicações como cegueira e infecções generalizadas que podem levar a óbito. Por isso, o governo federal em parceria com os estados e municípios uniram esforços para vacinar 39,9 milhões de brasileiros, 20% da população, que hoje estão suscetíveis ao vírus do sarampo, de acordo com o Ministério da Saúde. A faixa etária de 20 a 29 anos concentra a maior parte desses brasileiros (35%).