Cerca de 6.500 alunos fazem as provas do Proeb e Proalfa em Ipatinga

Alunos da Escola Municipal Maria Rodrigues Barnabé também foram submetidos as provas (Foto: divulgação)

Na terça (12) e quarta-feira (13), cerca de 6.500 estudantes da rede municipal de ensino de Ipatinga foram submetidos aos testes do Programa de Avaliação da Rede Pública de Educação Básica (Proeb), dirigidos a alunos do quinto e nono ano, e Programa de Avaliação da Alfabetização (Proalfa), para alunos do segundo ano. Ambas as provas aferem conhecimentos em Matemática e Língua Portuguesa, integrando o Sistema Mineiro de Avaliação e Equidade da Educação (Simave). 

Para aplicação das provas, a Secretaria de Educação de Ipatinga promoveu na semana passada, no Centro de Formação Pedagógica (Cenfop), um curso de capacitação e preparação para diretores e coordenadores das escolas da rede municipal. 

Os alunos da Escola Municipal Padre Cícero, no bairro Areal, foram uma exceção na realização das provas, já que desde o início da semana as atividades letivas do educandário foram suspensas preventivamente devido ao registro de um surto de caxumba. Os alunos serão submetidos aos testes na próxima semana.  

Simave

O Sistema Mineiro de Avaliação e Equidade da Educação (Simave) foi idealizado com o objetivo de obter informações acerca do desempenho dos estudantes do Ensino Fundamental e Ensino Médio do sistema público de educação do Estado em avaliações externas: Programa de Avaliação da Alfabetização (Proalfa) e Programa de Avaliação da Rede Pública de Educação Básica (Proeb).

O Proalfa é uma avaliação anual para alunos do 2º e 3º ano do Ensino Fundamental e mede o desempenho de leitura dos estudantes. O Proeb avalia as habilidades dos estudantes do Ensino Fundamental e Ensino Médio em Língua Portuguesa e Matemática. As provas foram programadas para 28 escolas da rede municipal que atendem ao Ensino Fundamental. Os testes começam 20 minutos após o início do turno e têm duração de duas a duas horas e meia.