Sem entender união estável, Justiça reduz pensão de mãe dos filhos de Gugu

O desembargador Galdino Toledo Jr., do Tribunal de Justiça de São Paulo, assinou uma liminar que reduz o valor recebido de pensão por Rose Miriam, mãe dos filhos do ex-apresentador Gugu Liberato.  

O desembargador entendeu que a relação de Gugu e Rose não caracterizava uma união estável.

Com a decisão, o valor da pensão paga a Rose pelo espólio da família passará de R$ 100 mil para US$ 10 mil, cerca de R$ 42 mil. O valor é indicado especialmente para despesas com a casa e filhos.

O jornalista e apresentador Erlan Bastos, compartilhou, pelas redes sociais, que o valor era equivalente ao que Rose recebia com Gugu vivo. Erlan também compartilhou a decisão da justiça.