Moradores de Brumadinho agora sofrem de transtornos mentais pós-tragédia

Aquela alegria e tranquilidade tipicamente mineira, dos moradores de Brumadinho (MG), foi interrompida após o rompimento da barragem da Vale, em janeiro de 2019. Moradores do município sofrem com as consequências deixadas pela avalanche de lama deixada pela mineradora. Parte da população têm sofrido com transtornos mentais. 

A secretaria municipal de saúde de Brumadinho informou  que houve um aumento no número de suicídios devido aos traumas deixados pela tragédia. Ainda de acordo com a secretaria, também ocorreu um aumento de 80% no uso de remédios para ansiedade e depressão, e de pedido de afastamento do trabalho entre profissionais de saúde.

De acordo com o secretário municipal de saúde de Brumadinho, Júnior Araújo, os casos de suicídio passaram de um para cinco, no último ano. Já as tentativas de suicídio saltaram de 29 para 47, no mesmo período. Além disso, a população passou a utilizar mais antidepressivos. O uso desse tipo de medicação cresceu 56% entre os moradores de Brumadinho,  e o de ansiolíticos, para tratamento da ansiedade aumentou 79%, em comparação com 2018.

fonte: Agência do Rádio Mais