Mais de 20 milhões de CPFs foram suspensos por situação cadastral irregular

(Foto: divulgação)

Todo o cidadão brasileiro precisa se inscrever no Cadastro de Pessoas Físicas para obter o CPF. O documento emitodo pela Receita Federal contém 11 números. Os brasileiros que residem dentro e fora do País devem ficar atentos à situação cadastral do CPF. Pois, em algumas situações, o documento pode ser suspenso e impossibilitar atos da vida civil.

De acordo com a Receita Federal, em 2019, mais de 20 milhões de CPFs foram suspensos por situação cadastral irregular. A principal causa de irregularidade é a falta da declaração de imposto de renda.

Com o CPF irregular, o contribuinte fica impedido de abrir ou movimentar conta bancária, tirar passaporte, realizar compra e venda de imóveis e adquirir qualquer tipo de financiamento, por exemplo.