Fortaleza – Taxista encontra US$ 18 mil e devolve dinheiro aos donos

O motorista Rafael Carneiro de Araújo, do aplicativo do Sindicato dos Taxistas do Ceará (Sinditaxi), devolveu US$ 18 mil, o equivalente a R$ 72 mil, esquecidos por passageiros no táxi que ele dirigia em Fortaleza. Carneiro informou ao Sinditaxi que os clientes embarcaram em seu carro no Aeroporto Internacional Pinto Martins e seguiram para um hotel na Praia de Iracema.

Araújo foi alertado por outra passageira, em uma corrida posterior, que tinha uma bolsa no banco de trás.

“Eram três passageiros. Eles achavam que eu não falava inglês e, na conversa durante a corrida, eles falaram que estavam com a quantia de US$ 18 mil, que iam fazer investimento em Fortaleza”, afirmou o taxista.

Araújo relatou que ficou com medo ao saber que estava transportando tanto dinheiro.

“Fiquei preocupado, mas fiz meu trabalho. Fiquei calado e os deixei no local”, disse.

Ao reconhecer a bolsa, o taxista voltou para o hotel na Praia de Iracema, onde foi informado pela recepção que o trio tinha voltado ao aeroporto. O motorista, então, dirigiu-se ao aeroporto e devolveu a bolsa com o dinheiro aos seus donos.

Clique no link e assista o vídeo.

SINDITAXI PARABENIZA NOSSO COMPANHEIRO RAFAEL PELA ATITUDE!

Nosso companheiro Rafael encontrou uma mochila com 18 mil dólares em seu táxi. O objeto com o dinheiro foi deixado por um passageiro no interior de seu veículo. Honesto e íntegro que é, Rafael entregou o pertente ao dono. Nós do Sinditaxi parabenizamos o companheiro taxista pela atitude!

Publicado por Sinditaxi em Quinta-feira, 15 de agosto de 2019

Recompensa

Os turistas agradeceram e ofereceram uma recompensa de R$ 50, mas Araújo não aceitou.

“Só quem sabia do dinheiro era eu. Entreguei a mochila ao devido dono. Eles quiseram me dar R$ 50. Insistiram para aceitar e pediram meu cartão. Eu não aceitei, e eles jogaram o dinheiro no meu táxi”, disse o motorista.

Após a ação, Rafael Carneiro foi homenageado no Sinditaxi.

“Teve gente que me disse: ‘Tu é muito besta. Dava ao todo R$ 72 mil. Eu tinha era fugido do Estado’. Eu sou homem de Deus e faço coisas corretas, tenho uma loja de informática, tenho família e tenho vida”, declarou o taxista.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here