Núcleo de gestores do Cruzeiro se reúne com Ministério Público para acompanhar investigações

Integrantes do Núcleo Dirigente Transitório estiveram na tarde desta quarta-feira, 15 de janeiro, em uma reunião no Ministério Público de Minas Gerais, para acompanhar o andamento dos processos que envolvem a antiga administração do Cruzeiro Esporte Clube.

Participaram da reunião o presidente do núcleo de gestores, Saulo Fróes, o novo superintendente jurídico do Clube, Kris Brettas, que já fazia parte do núcleo, e Emílio Brandi, responsável pela área administrativa financeira. Eles se reuniram com o promotor Daniel Sá e o delegado Gustavo Xavier.

Os dirigentes, que vêm fazendo a gestão do Cruzeiro desde o dia 23 de dezembro, receberam informações das autoridades sobre o andamento dos processos que envolvem atos da antiga diretoria do Clube.

“Nós fomos entender como está o andamento das investigações na Polícia Civil e no Ministério Público, e até agora o que nos foi passado é que as investigações estão caminhando bem, em alguns pontos já estão bem avançadas. Mas tudo corre em segredo de justiça, o que é importante para a investigação dos fatos. O Cruzeiro se colocou inteiramente à disposição da justiça, para oferecer todos os documentos e informações ao MP e Polícia Civil, em tudo o que precisarem. O interesse maior nessa apuração é do Clube, que foi lesado, e queremos que os culpados sejam identificados e o clube ressarcido”, afirmou Kris Brettas, superintendente jurídico do Cruzeiro.