Morro São Francisco recebe primeira etapa do Projeto “Escola de Esportes”

Iniciativa conjunta da PMI e Usiminas atenderá inicialmente 200 crianças em áreas periféricas da cidade com a prática de handebol e futsal, além de palestras educativas (Foto: divulgação/ PMI)

Em parceria com a Usiminas, a Prefeitura de Ipatinga, via Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer (Semcel), deu o pontapé inicial na noite de quarta-feira (13), na quadra do Morro São Francisco, para execução do Projeto “Escola de Esportes: Bom de Bola, 10 na Escola”. O programa tem o patrocínio do Instituto Usiminas, por meio da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte.

O lançamento teve participação expressiva da comunidade local e suas lideranças. Acompanhado de vários assessores de primeiro escalão e também vereadores da base do governo no Legislativo, o prefeito Nardyello Rocha abriu a programação e participou também da entrega de uniformes aos inscritos. Esta é a primeira etapa do projeto, que será lançado ainda, nos próximos dias, na quadra do Morro do Serra Dourada, no bairro Bom Jardim, e poderá se expandir por outras regiões da cidade em etapas subsequentes. Ao todo, serão atendidas inicialmente 200 crianças e adolescentes com idades entre 7 e 17 anos, sendo 100 no São Francisco e 100 no Serra Dourada, nas modalidades de handebol e futsal.

(Foto: divulgação/ PMI)

As inscrições foram realizadas nas Associações de Moradores de ambas as comunidades, de acordo com as regras do projeto. As fichas foram entregues nas entidades, que ficaram responsáveis por indicar os participantes, respeitando critérios estabelecidos.

O presidente da Associação de Moradores do Morro são Francisco, Ilson Nunes “Cici”, considera que o projeto representa a valorização da comunidade. “É muito bom ver todas estas crianças e seus responsáveis tão contentes. Praticar esportes é algo muito saudável e educativo, sendo melhor ainda ter a oportunidade de participar das atividades perto de casa. Além de tudo, eles terão palestras preventivas contra drogas, etc”, enfatizou.

Alegria e entusiasmo

João Fernandes “Carijó”, de 80 anos de vida e residente há mais de 27 anos no Morro São Francisco, disse que anteriormente a quadra estava abandonada. “Tudo que for bom para o bairro estaremos recebendo de braços abertos. Não queremos ver essas crianças e adolescentes com armas nas mãos, mas sim uniformizados e com a bola nos pés. Os gestores públicos têm que ter esse tipo de atitude em todas as esferas governamentais”, falou, em tom emocionado.  

Débora Lage Santos é mãe de Serafim Lage Santos, inscrito no projeto, e fez questão de estar presente. “Esse projeto representa muito para todos nós, pois a verdade é que não havia opção de lazer para nossas crianças. A iniciativa nos deixa felizes e reduz nossas preocupações sobre o presente e o futuro dos filhos”, disse a moradora.

Serafim, que tem dez anos, já escolheu o que irá praticar no Projeto Escola de Esportes: Bom de Bola, 10 na Escola. “Vou treinar futsal e com a ajuda dos professores, quero me destacar”, disse, recebendo um sinal positivo dos monitores presentes, profissionais selecionados especialmente para conduzir a preparação dos jovens.

Outro que também está inscrito é Kayque Oliveira, de nove, que cursa o terceiro ano do Ensino Fundamental na Escola Municipal Deolinda Tavares Lamego. “Só queria muito agradecer a Prefeitura e a Usiminas por dar essa oportunidade para mim e todos meus colegas. Poder jogar futsal nesta quadra que foi toda reformada é um privilégio”, celebrou, apontando para o piso todo pintado, as telas restauradas e as novas redes de nylon instaladas nos gols.

“Sonho pessoal”

Na oportunidade, todas as crianças receberam seus kits de 

uniforme e também as bolas. Em sua fala, o prefeito Nardyello Rocha disse: “Facilitar a vida dos moradores de bairros mais distantes, levar esporte e entretenimento para essas crianças, é um sonho pessoal que estou realizando hoje. Era uma promessa nossa para esta comunidade e que agora estamos cumprindo, graças também à sensibilidade da direção da Usiminas, que tem nos apoiado em momentos importantes. A siderúrgica, que já nos ajudou a proporcionar um extraordinário Natal de luz, no ano passado, no Parque Ipanema, também deverá estar presente conosco uma vez mais, neste final de ano”, projetou. 

O Executivo só fez uma ressalva: “Para participar do projeto, é preciso que os meninos estejam firmes nas escolas”. As aulas do projeto Escola de Esportes acontecerão sempre às terças e quintas-feiras, de 7h às 11h e de 13h às 17h, no núcleo São Francisco; e às segundas e quartas – no mesmo horário -, no núcleo Serra Dourada. Os inscritos ainda participarão de palestras relacionadas a combate às drogas, importância da escola e valores de família.

Para o início das atividades, a Prefeitura de Ipatinga realizou intervenções para recuperação das quadras onde o projeto será desenvolvido. Foram realizados serviços de pintura e substituição das redes de traves e telas de proteção.