Galo estreia na Copa do Brasil com empate sem gols diante do Santos

Em partida bastante equilibrada, o Atlético empatou sem gols com o Santos, na noite desta quarta-feira, na Arena Independência,  no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

A partida de volta será em 6 de junho, às 20h, no Pacaembu, em São Paulo.

O Galo volta a campo neste sábado para enfrentar o Flamengo, às 19h, novamente no Horto, pelo Brasileirão.

O JOGO O Galo buscou o ataque pela primeira vez no avanço de Yimmi Chará, mas o atacante colombiano foi desarmado quando tentava invadir a grande área pela esquerda.

Logo aos três minutos, Fábio Santos se contundiu e deixou o campo para a entrada de Patric. Geuvânio puxou contra-ataque pela direita e tocou para Chará, que sofreu falta. Guga fez o levantamento para a área e Igor Rabello cabeceou por cima do gol. Elias recebeu bom passe de Ricardo Oliveira na intermediária e arriscou chute de longa distância, aos 12 minutos, sobre o gol.

Patric fez boa jogada pela esquerda, aos 16 minutos, e chutou cruzado para fora. Em novo ataque atleticano, Luan cruzou pela esquerda e a defesa santista afastou o perigo.

Patric pegou o rebote na intermediária e finalizou por cima do gol. Aos 28, depois de boa troca de passes, Luan tentou de fora da área e a bola saiu à esquerda do gol. No ataque seguinte,

Guga cruzou rasteiro pela direita e Geuvânio tentou deixar para Chará, na entrada da área, mas o árbitro acabou atrapalhando a jogada. O Galo voltou a levar perigo aos 33 minutos, no cruzamento de Guga pela direita, cortado pela zaga paulista.

Aos 39, Victor fez boa defesa no chute cruzado de Jean Mota. Logo depois, Guga fez desarme providencial na pequena área, após escanteio pela direita do ataque santista. Chará fez boa jogada pela direita, aos 41 minutos, e concluiu para a defesa de Everson. No minuto seguinte, Elias arriscou de fora da área e a bola saiu à esquerda do gol.

Fábio Santos se contundiu e deixou o campo para a entrada de Patric. Geuvânio puxou contra-ataque pela direita e tocou para Chará, que sofreu falta. Guga fez o levantamento para a área e Igor Rabello cabeceou por cima do gol.

Elias recebeu bom passe de Ricardo Oliveira na intermediária e arriscou chute de longa distância, aos 12 minutos, sobre o gol. Patric fez boa jogada pela esquerda, aos 16 minutos, e chutou cruzado para fora.

Em novo ataque atleticano, Luan cruzou pela esquerda e a defesa santista afastou o perigo. Patric pegou o rebote na intermediária e finalizou por cima do gol. Aos 28, depois de boa troca de passes, Luan tentou de fora da área e a bola saiu à esquerda do gol.

No ataque seguinte, Guga cruzou rasteiro pela direita e Geuvânio tentou deixar para Chará, na entrada da área, mas o árbitro acabou atrapalhando a jogada.

O Galo voltou a levar perigo aos 33 minutos, no cruzamento de Guga pela direita, cortado pela zaga paulista. Aos 39, Victor fez boa defesa no chute cruzado de Jean Mota. Logo depois, Guga fez desarme providencial na pequena área, após escanteio pela direita do ataque santista.

Chará fez boa jogada pela direita, aos 41 minutos, e concluiu para a defesa de Everson. No minuto seguinte, Elias arriscou de fora da área e a bola saiu à esquerda do gol.

SEGUNDO TEMPO

O Atlético voltou do intervalo com a mesma formação e foi logo tendo boa oportunidade na finalização de Luan, defendida pelo goleiro Everson.

Geuvânio fez boa jogada pela direita e cruzou rasteiro para o corte da defesa do Santos. Em seguida, Guga cruzou rasteiro pela direita e o goleiro Everson saiu do gol para evitar que a bola encontrasse Ricardo Oliveira.

Aos 13 minutos, Geuvânio foi substituído por Cazares, que exigiu grande defesa de Everson em chute colocado da entrada da área, aos 20 minutos.

No escanteio, Réver desviou a bola e cabeça, para fora. Luan foi substituído por Nathan, aos 24 minutos. Aos 27, Zé Welison cruzou pela direita e Elias, por muito pouco, não conseguiu o desvio de cabeça.

Aos 30 minutos, Guga cruzou pela direita, Elias finalizou e a bola desviou no zagueiro, Nathan pegou o rebote e a bola saiu rente à trave. Chará recebeu lançamento, aos 46 minutos, e cruzou para o corte da zaga santista. Guga cobrou o escanteio pela direita e a bola sobrou para Réver, que concluiu para fora.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here