Comissão discute apoio e benefícios aos atletas surdos

Menino participa do 16º Jogos dos Estudantes Surdos, em Porto Alegre, RS (Foto: Marcos Oliveira/ Agência Senado)

A Comissão do Esporte da Câmara dos Deputados discute, nesta quarta-feira (4), políticas de apoio e benefícios aos atletas surdos. O debate será às 14h30.

O debate foi solicitado pelo deputado Julio Cesar Ribeiro (Republicanos-DF). O parlamentar destaca que, oficialmente, a Confederação Brasileira de Desportos dos Surdos representa esse grupo social nas instâncias oficiais. Mas destaca que os surdos não estão ligados ao Comitê Paraolímpico Brasileiro por terem condições de competir sem equipamentos específicos ou condições especiais. Por outro lado, também não estão contemplados no Comitê Olímpico Brasileiro, que reúne todas as confederações desportivas, tais como a CBF e a CBV.

“Essa situação faz com que o apoio ao esporte seja pouco reconhecido pelas instâncias governamentais, e assim, com poucos recursos para se desenvolver. Por isso, é necessário debatermos melhorias, apoio e benefícios aos atletas surdos, tão injustiçados no meio esportivo, para que tenham a oportunidade de se sentirem incluídos e valorizados”, afirma Julio Cesar.

O parlamentar lembra ainda que os surdos têm se utilizado do esporte como meio de inclusão social. “Ainda na década de 50 começaram a surgir as associações de surdos com o objetivo de ser um lugar onde os surdos pudessem se reunir, praticar esportes, lutar por seus direitos. Os jogos entre ouvintes e surdos também são importantes momentos de inclusão”.

Com informações da Agência Câmara