Filme sobre Lava Jato abre programação do Contém Cultura neste mês de novembro

O Contém Cultura é um projeto patrocinado pela Cenibra, via Lei Rouanet. Fotos: divulgação

O Contém Cultura abriu sua programação no último sábado (3/11) com a exibição de Polícia Federal: a lei é para todos. O filme, de Marcelo Antunez, aborda a operação Lava Jato, que desencadeia uma série de investigações sobre a corrupção no Brasil.

“Estou muito surpresa com este filme. Eu não sabia que um fato tão recente da nossa história já estivesse sendo contado em filme”, comentou a pedagoga Maria da Penha. Segundo observa a educadora, a obra é um convite à reflexão sobre o ato de votar, sobre a importância de se fazer as melhores escolhas para o Brasil.

Na quarta-feira (7) às 18h30, a programação do Contém Cultura prosseguirá com a exibição de Gosto se discute, comédia sobre um chef que perde o paladar quando precisa fazer um novo cardápio para conquistar a jovem e bela gerente de seu restaurante.

No dia 9, às 18h30, será exibida outra comédia, Transtorno Obsessivo Compulsivo, sobre uma atriz em crise com sua vida pessoal e profissional.

Sinal Vermelho, do gênero artes e com tradução em libras, será exibido às 17h do dia 10. O filme de guerra britânico conta a história fictícia de um americano que se alista no regimento britânico do paraquedas em 1940, reivindicando ser um canadense.

Sinal Vermelho será seguido pela exibição de Eu e Meu Guarda-Chuva, filme de aventura sobre os últimos dias das férias de Eugênio, um garoto de 11 anos que, sempre acompanhado por seu guarda-chuva, tenta salvar uma garota com seus melhores amigos.

No dia 14, Chico Chavier volta à programação, às 18h30. Há um mês, a biografia espírita foi exibida na sala multicultural. O sucesso da sessão motivou a reexibição da obra.

A produção brasileira protagonizada pelo ator Selton Mello, Soundtrack, será a atração do dia 16, às 28h30. O filme de drama  tem como principal foco novos pontos de vista a respeito da vida e da arte.

Ilha das Flores, mais um filme legendado em libras, será exibido no dia 17, às 17h. O documentário mostra um tomate que é plantado, colhido, transportado e vendido num supermercado, mas apodrece e acaba no lixo. O filme segue-o até seu verdadeiro final e então fica clara a diferença que existe entre tomates, porcos e seres humanos.

Em seguida, será exibido Grilo Feliz e os Insetos Gigantes. A animação conta a história do grilo que quer gravar um CD, assim como os sapos que formam uma banda de rap. Mas a vilã Trambika pirateia as músicas. Eles vão se meter em altas confusões e terão que enfrentar insetos gigantes.

Um geólogo é enviado para uma região isolada no Nordeste do Brasil para o levantamento de fontes de água, mas começa a sentir a sensação de abandono e solidão. Esse é o enredo do filme do dia 21,às 18h30, o drama Viajo Porque PrecisoVolto Porque Te Amo.

No dia 23, às 18h30, será projetada a comédia de animação\fantasia, 31 Minutos – O Filme, sobre um produtor de uma famosos noticiário de TV, que conta com uma equipe de produção muito atrapalhada.

No dia 24, às 15h30, será promovida uma oficina de Artesanato Criativo, focada no reaproveitamento de resíduos sólidos. O curso tem vagas limitadas.

Lixo Extraordinário entra em cena no dia 28, às 18h30. O documentário é um registro do trabalho do artista plástico Vik Muniz, no Jardim Gramacho, maior aterro sanitário da América Latina, localizado na cidade de Duque de Caxias, Rio de Janeiro.

Com a comédia Divórcio – até que o amor explora, o Contém Cultura encerra sua programação de novembro. O filme, agendado para 18h30 do último dia do mês,  fala de um casal rico que se separa e trava uma guerra judicial por seus bens.

A sala multicultural Contém Cultura fica na praça Padre José Lanzillotti, no Centro de Ipaba.

Luciana Profiro, proponente do Contém Cultura, destaca que a programação de novembro volta a privilegiar comédias, trazendo diversos títulos desse gênero. “Vamos temperar as sessões com um pouco de humor, a fim imprimir um pouco de leveza à vida das pessoas para este período de desafios que vimos atravessando, principalmente, no cenário político, tema do nosso filme de abertura”.

Conforme Luciana, a inclusão de uma oficina de artesanato também vem colaborar com a promoção de boas sensações entre os frequentadores do Contém. “A arte alivia a nossa rotina”, sublinha a proponente, acrescentando em seguida que a atividade tem caráter sustentável, pelo reaproveitamento de resíduos sólidos para a produção das peças. Ainda nesse sentido, incluímos na programação um filme sobre criações artísticas por meio da reciclagem, Lixo extraordinário, que será exibido uma semana após a oficina.

Luciana destaca também a exibição de filmes com tradução em libras, “em nome da promoção da inclusão na sala multicultural, que conta com equipamentos dedicados a essa causa, como rampa de acesso e área dedicada a cadeirantes.

O Contém Cultura é um projeto patrocinado pela Cenibra, via Lei Rouanet.

SERVIÇO

A sala multicultural Contém Cultura fica na praça Padre José Lanzillotti, no Centro de Ipaba. Todas as atividades oferecidas no espaço são gratuitas, mediante retirada de  ingressos na Secretaria de Educação de Ipaba, de segunda a sexta-feira, de 9h às 17h.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here