China disponibilizará US$ 100 bilhões para governo brasileiro

    Foco dos investimentos é a área da infraestrutura (Alan Santos/ Presidência da República)

    A China colocou à disposição do Brasil US$ 100 bilhões dos fundos estatais para investimentos que devem atender questões de infraestrutura. O governo chinês quer ainda expandir o crédito para competir dentro do Brasil por clientes nas áreas do agronegócio e da indústria. As informações foram divulgadas no fim da semana passada, com o encerramento da reunião de líderes dos Brics, realizado em Brasília.

    Esses investimentos serão decididos em conjunto, e outros financiamentos vindos do Novo Banco do Desenvolvimento deve ocorrer. O NDB deve ainda aprovar um empréstimo de US$ 300 milhões para expandir a infraestrutura da Vale nas regiões Norte e Nordeste do Brasil. 

    Empresários dos países recomendaram ao bloco 23 medidas para a ampliação de negócios. Entre os pontos estão um acordo entre aduanas para agilizar o desembaraço nos portos do Brics, além de novas modalidades de financiamentos para o Banco do Brics na área de energia.