Copasa contesta sobre taxa de tratamento de esgoto de Fabriciano e Timóteo

O superintendente de Relacionamento com Órgãos Regulares da Copasa, Bruno Vieira Andrade, contestou acerca da tarifa do esgoto dos municípios de Timóteo e Coronel Fabriciano. Ele atendeu a imprensa, na tarde desta quarta-feira (8).

A tarifa de 97,5% passou a ser cobrada em dezembro do ano passado.

A Prefeitura de Coronel Fabriciano protocolou junto a Vara Pública da Comarca uma ação solicitando a suspenção da taxa de esgoto. A Copsasa informou que está ciente da ação, mas não teve acesso a ela.